Não, não me ligue. Nem para a sua mãe, nem para a namorada ou para o namorado. Não é desse tipo de comunicação que quero falar aqui.  Tão pouco quero que você escreva um comunicado e cole na parede. Também não é isso.

Quero falar de um tipo de comunicação que está desaparecendo da vida das pessoas: a comunicação que vem de dentro, que sai dos sentimentos e expressa da melhor maneira possível o que queremos expressar.

Hoje vivemos na era da comunicação, e isso é correto. Temos à nossa disposição inúmeras maneiras para comunicar com tudo e com todos. Hoje tudo é “comunicável”, possui uma quantidade de inteligência, voz, texto e imagens nos celulares. Tudo isso e mais um pouco nos computadores. E caso não saiba, já chegou aos relógios. Os eletrodomésticos já se comunicam com a gente. A geladeira, a TV smart, seu fogão. E os automóveis já estão andando sozinhos, tamanha a quantidade de inteligência que eles possuem. E tudo é fantástico, facilita a nossa vida, deixa as tarefas mais eficientes, seguras e econômicas.

Me impressiona  muito a velocidade com que isso tudo anda. Há poucos anos tínhamos somente telefones analógicos e alguns computadores que não conversavam com ninguém, aliás, mal se entendiam. E de repente acelerou de maneira vertiginosa e difícil de acompanhar.  E como tudo isso é muito atraente, não vamos ficar de fora. Obviamente.

E apesar de todas essas facilidades, somos somente tecnológicos, pois é mais fácil mandar um texto do que olhar no olho e realmente falar o que sente, colocar pra fora o desejo de comunicar o que realmente necessita, que é interior e que nenhum “emoticon” possa expressar. Nenhum celular, por mais moderno ou caro que seja, vai conseguir transmitir ou perceber aquela pequena entonação no meio de uma frase, uma mudança na respiração e, principalmente, conseguir ouvir as palavras que não são ditas e que ficam no meio de uma conversa, de uma comunicação frente a frente, olho no olho.

Não se esconda atrás de uma telinha, ou de uma telona. É muito fácil, e até covarde, usar esses recursos para se comunicar. Vá em frente, enfrente e comunique-se de verdade. Os resultados serão surpreendentes.

Fernando Zavarelli

Portrait of affectionate couple having coffee in cafe
Comentários do Facebook